Blog da Doc

09 de maio 2018 / Artigos

O que é necessário para se captar recursos? 6 dicas importantes.

Por João Paulo Petitinga

Para se captar recursos, sejam eles por patrocínio, leis de incentivo, doação ou através de parceria devem-se ter alguns cuidados que ajudarão nesse caminho. Vamos falar aqui 5 dicas que nos ajudam bastante ao longo desse tempo.

  1. Tenha um projeto bem elaborado.

As pessoas podem gostar de sua ideia, no entanto elas querem ter algo mais concreto para embasar seu apoio. Nessa parte você precisa ter, além de sua ideia inicial, conceitos financeiros do projeto e também do público alvo elaborado.

  1. Saiba quem é seu público alvo antes de ir até alguém pedir apoio.

Você precisa saber quem são os agentes beneficiados dessa sua ação, com isso em mãos você terá em mente empresas e pessoas que podem defender suas causas ou queiram participar como doadores e/ou patrocinadores.

  1. Busque por editais de empresas

Algumas empresas já têm seus mecanismos de financiamentos internos, porém, como o prazo para inscrição é curto e há muita concorrência, se faz importante que você tenha seu projeto bem elaborado para apenas adaptar alguns itens dele ao que a empresa solicita. Para achar esses editais vá aos sites das empresas brasileiras, mesmo que ela não tenha sede em sua cidade, podem ter ações que se relacionem com o que você precisa.

A etapa seguinte compreende a leitura do edital, mais recente, ou, alternativamente, das regulamentações e portarias que disponibilizam formulários e instruções de preenchimento. Na inscrição de projetos culturais, em geral, a maior parte dos sistemas executivos de leis estaduais e de capitais disponibiliza formulários e estruturas básicas de planilhas orçamentárias e suas instruções de preenchimento, sendo que os editais para o lançamento das inscrições e concorrência de projetos são amplos.

  1. Tenha mais razão e menos paixão

A autoria transforma o projeto em filho, e filhos são filhos, sempre perfeitos. Entretanto, é importante ser crítico. Saber se existe inovação, audácia criativa, originalidade, ineditismo, vanguarda e talento artístico ou se apenas está se reinventando a roda.

 Entenda que mesmo que o projeto ajude um bom número de pessoas e que seja uma coisa boa para a população as pessoas e empresas tem seus orçamentos e compromissos a cumprir. Então caso seja necessário para aprovação reduza o escopo do seu projeto ou o parcele em etapas, assim você pode concluí-lo. Se apegar a um projeto bom sem ninguém que queira apoiar pode ser um grande tiro no pé, por isso menos amor e mais razão nos seus projetos na hora de elaborá-los.

  1. Busca ajuda de especialistas

É primordial buscar sugestões sobre o projeto, estabelecer diálogo com outras pessoas tendo em vista comentários e discussões. Quem está de fora às vezes consegue perceber aspectos que o envolvimento do autor deixou escapar. A abertura das opiniões negativas é essencial. Faz parte do aprendizado. Encarar elogios e críticas é matéria-prima para a qualidade do produto final.

  1. Não desanime

Não é nada pessoal se o seu projeto for recusado, às vezes só não encantou aquela pessoa ou organização. Então não fique triste se alguns “nãos” vierem após a apresentação do projeto, você é quem mais precisa ter ciência e se dedicar a realização dele e desanimar não vai levar seu projeto do papel para realizada. Logo cabeça erguida e mãos a obra!

Fale conosco

Preencha o formulário para entrar em contato conosco. Teremos o prazer em responder o mais breve possível.

Endereço

Av. ACM 4009 Iguatemi. Edf. Empire Center, Sala 203, Cep: 40280-000 - Salvador - BA - Brasil

Traçar rota

(71) 3431-4684

(71) 98735-5159

(71) 98643-0134

Endereço

Av. ACM 4009 Iguatemi. Edf. Empire Center, Sala 203, Cep: 40280-000 - Salvador - BA - Brasil

Traçar rota

Telefones

(71) 3431-4684

(71) 98735-5159

(71) 98643-0134